Oráculo


P
ergunta


------Mensagem original-----
De: João Paulo <jpcg@net.em.com.br>
Para: piu-piu@sti.com.br <piu-piu@sti.com.br>
Data: Sexta-feira, 24 de Março de 2000 22:32
Assunto: Pergunta
Caro Piu Piu , quem nasceu primeiro , o ovo ou a galinha ?



R
esposta

Olá, João Paulo!

O ovo surgiu muito antes da galinha porque os répteis e outros animais ovíparos precederam as aves. Se a pergunta for: “qual surgiu primeiro: o ‘ovo de galinha’ ou a galinha?” então a resposta dependerá da definição de “ovo de galinha”. Se "ovo de galinha" for um ovo gerado por uma galinha, então obviamente a galinha terá vindo primeiro. Por outro lado, se "ovo de galinha" for um ovo com propriedades tais que a partir dele será gerada uma galinha (essa alternativa me parece a melhor), então naturalmente o ovo de galinha terá vindo primeiro, porque nesse caso o ovo de galinha pode surgir do cruzamento de dois ancestrais da galinha, ou ainda de uma anomalia genética “espontânea” num ovo de um precursor da galinha.

Esse é um exemplo interessante de pseudo-paradoxo semelhante ao “paradoxo do mentiroso”: suponhamos que uma pessoa diz: “Eu sempre falo mentiras”. Isso é uma verdade ou uma mentira? É uma questão bastante elementar e pode ser solucionada facilmente, mas existem vários livros que publicam esse exemplo (e outros exemplos igualmente ruins) para exemplificar erroneamente o paradoxo de Gödel (Teorema da Incompletude). No caso do pseudo-paradoxo do mentiroso, ele está mentindo. Isso é fácil de concluir porque ele pode mentir algumas vezes e outras vezes dizer a verdade, sendo que nesse caso estaria mentindo. Se ele dissesse sempre a verdade, então jamais poderia dizer aquela frase, que seria contraditória. Por outro lado, se ele mentisse sempre, também haveria contradição naquela frase. Mas se ele mente algumas vezes e outras não, a frase não encerra contradição alguma.

Poderíamos analisar também a propaganda do biscoito que diz: “Tal biscoito vende mais porque está sempre fresquinho? Ou está sempre fresquinho porque vende mais?” Nesse caso a resposta é ainda mais elementar: nem uma coisa nem outra. Se vende muito é devido a um conjunto de fatores, entre os quais estar fresquinho é apenas um deles. E o mesmo acontece quanto ao produto estar fresco, que se deve a muitos outros motivos além da venda pretensamente abundante.

Um abraço!!
Piu-Piu

 
.:: Sigma Society ::.
  Topo
Todos os direitos reservados