Antenor Pelegrino

 

Antenor Pelegrino Filho é um dos membros mais antigos de Sigma Society. Desde seu ingresso, tem colaborado das mais variadas formas para o crescimento dessa organização, publicando mensalmente matérias sobre Sigma numa revista de circulação nacional, e cumprindo com diligência as suas funções de Coordenador Geral. 
Antenor é bacharel em Direito e webmaster, mantém um site sobre Xadrez, é o criador da seção "Viver" e coordena os cursos ministrados em Sigma Society. 
Além de Xadrez, Antenor também se interessa por Ufologia, Informática, Política, Filosofia e Ciência, assuntos sobre os quais tem escrito em nosso foro, expressando suas interessantes opiniões. 
Mais informações a seu respeito podem ser encontradas em seu site: XEQUE-MATE HOME PAGE, que está listado pela FIDE entre os melhores do mundo. 
Visite também a seção Viver

 

Uma das primeiras mensagens enviadas por Antenor


Havia um garoto que tinha um temperamento muito ruim. O pai desse garoto lhe deu um saco com pregos e lhe disse que toda vez que ele perdesse sua paciência, ele deveria martelar um prego atrás da cerca. No primeiro dia o garoto enfiou 37 pregos na cerca. Em algumas semanas, de acordo com que ele ia aprendendo a controlar seu temperamento, o número de pregos martelados por dia reduziu gradativamente. Ele descobriu que era mais fácil controlar seu temperamento do que martelar todos aqueles pregos na cerca... 
 
Finalmente chegou o dia em que o garoto não perdeu a paciência nenhuma vez.  
Então ele chegou e disse aquilo ao seu pai. Este sugeriu que ele retirasse um prego por cada dia que ele conseguisse controlar seu temperamento.  
Finalmente chegou o dia em que o garoto havia retirado todos os pregos da cerca. Então seu pai segurou sua mão e levou-o até a cerca e disse:   
Você foi muito bem meu filho, mas olhe os buracos na cerca. A cerca jamais será a mesma.   
Quando você diz coisas com raiva, estas coisas deixam cicatrizes exatamente como estas.Você pode enfiar uma faca em um homem e retirar. Não vai importar quantas vezes você peça desculpas, o buraco vai estar lá do mesmo jeito. Um ferimento verbal é tão ruim quanto um físico.”
 
.:: Sigma Society ::.
  Topo
Todos os direitos reservados