Ela pegou no pão apressadamente, repartiu-o em dois pedaços, entregou um para cada filho, e ficou observando-os comer, com olhar cheio de ternura e satisfação.

- Ela não pegou nada para ela - murmurou o sargento.

- É porque ela não está com fome - disse o soldado.

- É porque ela é mãe - explicou o sargento.

(Victor-Marie Hugo)

Conforme demonstrou Hugo, Einstein estava errado quando declarou que "a força mais poderosa do universo são os juros compostos".

-----------------

Certa vez fiquei pensando como era possível que os espartanos, mesmo dedicando quase todo o tempo à vida militar e se aprimorando em técnicas de combate, enquanto os atenienses dividiam seu tempo entre diversas artes, esportes, lazer, Filosofia, Ciência e outros afazeres, mesmo assim os espartanos não conseguiam conquistar Atenas. Uma explicação que me ocorreu é que enquanto os espartanos eram tirados de suas famílias na infância e educados pelo Estado, e lutavam por glória e honrarias, os atenienses cresciam num ambiente familiar e lutavam para proteger suas mães. A diferença não estava em algum tipo de supremacia física dos atenienses, mas na força transcendente que decorria do Amor Materno que os nutria.