Apoio às vítimas das chuvas no Sul

 

Os interessados em colaborar com as vítimas das chuvas podem entrar em contato. Estamos tentando unificar projetos do Exército, de associações culturais, de igrejas e particulares. No momento a necessidade principal é de colchões e cobertores.

Recebemos de nosso amigo Emerson:

Acabei de chegar de Blumenau em um voo bate-volta que fizemos a bordo de um avião de um cliente para levar o que angariamos através da Latin Bankers Association e de minha rede de contatos. Vou aproveitar “trechos” de um e-mail de um amigo do grupo para descrever o que se passa. O texto e auto explicativo e muito bem escrito e esta em itálico abaixo.

Nos, levantamos ao todo:

· R$ 67,010.00 em dinheiro que foram convertidos integralmente em material de construção

· 250 latas de leite em pó

· 300 kilos de feijão

· 125 kilos de arroz

· 100 latas de óleo

· 250 latas de atum/sardinha

· 400 garrafas de 1,5 litro de água

· 100 pacotes de fraldas descartáveis

· 58 litros de água sanitária

· 100 litros de desinfetante

· 200 seringas descartáveis

· Medicamentos variados

Aqui em Blumenau a coisa tá complicada, porém graças as pessoas boas desse Brasil comida e água não estão faltando. Quarta-feira ainda fomos a um dos abrigos (numa igreja da comunidade da rua Araranguá) e o que mais pediram foi produtos de limpeza e fraldas infantis. Consegui juntar um bom $$ do pessoal do trabalho e compramos fraldas e os produtos. Tem 150 pessoas dormindo dentro da igreja e tiveram inclusive que colocar 4 banheiros químicos pois é uma igreja bem pequena. A rua Araranguá é a comunidade daquela menininha de 3 anos que está na capa da Veja esta semana. Ela foi a primeira vítima fatal da tragédia. Aos que enviaram donativos aqui pra Blumenau ou outras cidades daqui do vale do Itajaí, muito obrigado em nome de todos da região. Nossa cidade ficou muito destruída, porém podem ter certeza que daremos a volta por cima e seremos ainda mais fortes, pois podemos tirar muitas liçôes de um acontecimento destes, principalmente ajudando diretamente a quem perdeu tudo, absolutamente tudo.....A maioria das histórias vcs já conhecem através da mídia nacional, porém algumas não são contadas. É muito triste ver situações onde famílias inteiras foram dizimadas. Teve inclusive um caso muito chocante onde o exército não conseguia fazer o recolhimento do corpo de um homem que morreu afogado e entregaram uma pá e sacos plásticos para a esposa e as 3 filhas que enterraram o pai (marido) no quintal da casa até a rua ser aberta e o IML conseguir levar o cadáver para um enterro digno.

Aos que havíam definido suas férias em SC não deixem de vir, pois a região do litoral praticamente não sofreu nada (com excessão de Itajaí, porém não é destino de praias) e as rodovias que dão acesso para as principais praias praticamente estão recuperadas. A situação é um pouco pior na BR 470 entre Navegantes e Blumenau, porém 80% dos motoristas que se deslocam pra SC no verão chegam pela BR 101. No final de semana trágico eu estava em Bombinhas e lá nada ocorreu. Florianópolis foi somente a SC 401 que é ligação para o Norte da ilha e logo estará em ordem.

Desculpem ficar escrevendo isso aqui, porém é uma forma dos senhores saberem um pouco mais do que passamos.Obrigado mais uma vez.Claudio zozjunior@terra.com.br

Vou plotar as fotos em meu Orkut ainda amanha e vocês verão cenas de uma catástrofe. Meu muito obrigado a todos que ajudaram e mais uma vez quero dedicar aqui minhas orações e carinho a pessoas que como eu, apesar de nossos problemas profissionais e pessoais, conseguimos pensar no bem ao próximo

 

Recebemos do amigo André Gambaro este link:

http://www.voluntariosonline.org.br/pt-br/eventos/visualizar/121?gclid=CNX0muKwqZcCFQVuswodrCf3ig

 

Recebemos do amigo Thiago Berto:

A empresa de transportes, BRASPRESS, colocou-se à disposição, para sem custo fazer o transporte dos donativos de qualquer parte do Brasil, para Santa Catarina.
O celular número (47) 8825-8608 é o correto para contato com o CL Ademir Estofele, Presidente do LC Blumenau Sul, que se prontificou em providenciar transporte das doações.

FILIAIS DA TRANSPORTADORA BRASPRESS

ALAGOAS

Maceió - AL (82) 4009-9300

AMAZONAS
Manaus - AM (92)2125-2700

BAHIA
Feira de Santana - BA (75) 2101-1600
Salvador - BA (71) 2109-7200
Vitória da Conquista - BA (77) 2101-7100

CEARÁ
Fortaleza - CE (85) 4009-6900

DISTRITO FEDERAL
Brasília - DF (61)

ESPÍRITO SANTO
Cachoeiro de Itapemirim - ES
Colatina - ES
Vitória - ES

GOIÁS
Goiânia - GO
Porangatu - GO
Rio Verde - GO

MARANHÃO
Imperatriz - MA
São Luiz - MA

MATO GROSSO
Cuiabá - MT
Rondonópolis - MT

MATO GROSSO DO SUL
Campo Grande - MS


MINAS GERAIS
Belo Horizonte - MG
Divinópolis - MG
Governador Valadares - MG
Ipatinga - MG
Juíz de Fora - MG
Montes Claros - MG
Paracatu - MG
Passos - MG
Patos de Minas - MG
Uberaba - MG
Uberlândia - MG
Varginha - MG

PARÁ
Belém - PA

PARAÍBA
João Pessoa - PB

PARANÁ
Cascavel - PR
Curitiba - PR
Guarapuava - PR
Londrina - PR
Maringá - PR
Pato Branco - PR
Ponta Grossa - PR

PERNAMBUCO
Petrolina - PE
Recife - PE

PIAUÍ
Teresina - PI

RIO DE JANEIRO
Campos dos Goytacazes - RJ
Nova Friburgo - RJ
Rio de Janeiro - RJ
Volta Redonda - RJ


RIO GRANDE DO NORTE
Natal - RN

RIO GRANDE DO SUL
Bagé - RS
Caxias do Sul - RS
Novo Hamburgo - RS
Passo Fundo - RS
Pelotas - RS
Porto Alegre - RS
Santa Cruz do Sul - RS
Santa Maria - RS
Santo Ângelo - RS
Uruguaiana - RS

SANTA CATARINA
Blumenau - SC
Criciúma - SC
Florianópolis - SC
Joinville - SC

SÃO PAULO
Araçatuba - SP
Araraquara - SP
Bauru - SP
Campinas - SP
CAOB - Tamboré
Marília - SP
Piracicaba - SP
Presidente Prudente - SP
Ribeirão Preto - SP
Santos - SP
São José do Rio Preto - SP
São José dos Campos - SP
São Paulo - SP
Sorocaba - SP

SERGIPE
Aracajú - SE

TOCANTINS
Palmas - TO

Enviado pelo amigo Romolo Disconzi:

Acho que pode ser útil no que tange ao auxílio às vítimas das chuvas em Santa Catarina.

Escola Técnica recebe donativos para Santa Catarina (01/12/2008) A Escola Técnica da UFRGS, como todas as escolas técnicas federais, é posto oficial de coleta de donativos às vítimas das chuvas em Santa Catarina.
Podem ser entregues roupas e alimentos não perecíveis, de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 22h e, nos sábados, até as 12h. A solicitação da defesa civil de SC é por alimentos que possam ser ingeridos sem preparo:
enlatados prontos para comer, bolachas, etc. Informações complementares podem ser obtidas na página relacionada abaixo e pelo telefone 3308-5160.


Link relacionado:
www.etcom.ufrgs.br

 

Mensagem recebida da Associação Brasileira de Ultraleves:

Amigos,


Olhem as fotos do que aconteceu em Santa Catarina nos últimos dias. (fotos abaixo)
Além das perdas de vidas onde famílias inteiras morreram, existem muitos desabrigados que não tem recursos para reconstruir suas casas. Muitos não terão mais emprego após a tragédia pois as empresas onde trabalhavam foram destruídas.

Hoje, a necessidade mais premente é de roupas, água e alimentos que não necessitem de preparo pois nem gás para cozê-los eles tem. Mais adiante eles necessitarão de apoio financeiro para continuarem a viver.

As autoridades municipais tem que "reconstruir" as cidades.
Vamos fazer uma campanha para doação de dinheiro para ajudá-los.

A Associação Brasileira de Ultraleves - ABUL está organizando uma campanha para doações aos necessitados do estado de Santa Catarina.

A ABUL vai colaborar oferecendo para os flagelados TODAS as anuidades que forem depositadas na conta da ABUL entre os dias 01 e 15 de dezembro.

É uma boa oportunidade para os inadimplentes fazerem uma doação e, ao mesmo tempo, regularizarem sua situação.

Da mesma forma, aqueles NÃO sócios que gostam de trocar idéias com membros da Família ABUL, colocando suas msg no FORUM e que agora não mais podem fazê-lo, filiando-se à ABUL, serão bem-vindos à família e ainda estarão ajudando nossos irmãos Catarinenses.

Qualquer associado que quiser doar qualquer quantia também poderá depositar na conta da ABUL que o dinheiro será enviado ao Luiz Rodrigues, basta que enviem o comprovante de depósito por FAX escrevendo nele DOAÇÃO.

Quem quiser doar alimentos e roupas, o Camargo da EAA de Americana-SP continua recolhendo doações para serem enviadas para Blumenau onde o Luiz Rodrigues coordena a distribuição.

Sugiro que cada clube de ultraleve faça uma campanha entre seus sócios e enviem diretamente para:
Fundação Pró-Família
Rua Itapiranga, 368, atrás do Galegão
Blumenau - SC

Para realizar as doações através da conta da ABUL:
Banco Bradesco
Agencia 1075
Conta Corrente nº 26777-5

Gustavo Albrecht - Presidente
Associação Brasileira de Ultraleves

 

Em conversa com nosso amigo Rodrigo Gosmann, foi relatado que já arrecadaram mais de R$ 3 milhões.

Mensagem de nosso amigo Emerson Pieri:

Queridao ! Eu to fazendo as contas aqui...bicho, foram mais de 36,000.00 !
Vamos mandar a grana para uma creche em SC que a casa foi destruida. Ao todo
39 criancas sem teto, comida, roupas, etc.
Peca para seru amigo mandar agora que amanha vou olhar todos os depositos.
Forams mais de 280 em 4 dias !!!

Mais informaçoes enviadas por nossa amiga Cristina Rodrigues:

Bradesco S/A
Agência: 0348-4
Conta Corrente: 160.000-1
Titular das contas (pessoa jurídica): Fundo Estadual de Defesa Civil
CNPJ: 04.426.883/0001-57

Doações de alimentos e roupas
Segundo as autoridades de Santa Catarina, há necessidade principalmente de alimentos não-perecíveis, produtos de limpeza, colchões, cobertores e travesseiros em bom estado.

Quem quiser doar deve procurar as prefeituras dos municípios prejudicados pelas cheias e deslizamentos. Entidades públicas e privadas também estão promovendo campanhas e recolhendo material em vários estados.
Informe-se sobre postos de coleta na Defesa Civil do seu estado.

CEDEC/RS - Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Rio Grande do Sul
www.defesacivil.rs.gov.br
Fone: (51) 3210 4219
DEDC/SC - Diretoria Estadual de Defesa Civil de Santa Catarina
www.defesacivil.sc.gov.br
Fone: (48) 4009 9816
CEDEC/PR - Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná
www.pr.gov.br/defesacivil
SEDEC/RJ - Secretaria de Estado da Defesa Civil do Rio de Janeiro
www.defesacivil.rj.gov.br
CEDEC/SP - Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de São Paulo
www.defesacivil.sp.gov.br
Fone: (11) 2193-8888
CEDEC/MG - Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais
www.defesacivil.mg.gov.br
Fone: (31) 3236-2111
CEDEC/ES - Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Espírito Santo
www.defesacivil.es.gov.br
Fone: (27) 3137-4441
SIDEC/DF - Sistema de Defesa Civil do Distrito Federal
www.defesacivil.df.gov.br
CEDEC/MS - Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul
www.defesacivil.ms.gov.br
Fone: (67) 3318.1078

Mais informações de nossa amiga Maria Cristina Rodrigues:

CARITAS ARQUIDIOCESANA DE SÃO PAULO
Banco Itaú
Agência 0057
Conta 17.627-3

Mais informações de nosso amigo Rodrigo Gosmann:

A caixa economica abriu uma conta para socorro a SC e em breve o Itau:

Banco do Brasil: agência 3582-3, conta corrente 80.000-7

Besc: agência 068-0, conta corrente 80.000-0

Bradesco: agência 0348-4, conta corrente 160.000-1

Caixa Econômica Federal: agência 1277, Operação 006, conta corrente 80.000-8


Ao todo o montante arrecadado foi de 1,2milhão

 

Correios e Exército:

Rafael Fernando Telles informa que os correios estão participando nos transportes. Doações provavelmente podem ser feitas nas próprias agências (convém se informar antes) e quartéis.

Doação em alta tecnologia:

Um dos problemas de doações em alimentos é que, dependendo da quantidade, muitas vezes o custo com o transporte pode ser maior do que o custo do próprio alimento. Para contornar esta situação e casos similares, podemos usar um tipo de salto quântico, ou tunelamento, ou teletransporte. Em vez de enviar o alimento, a pessoa vai até uma loja que seja parte de uma grande rede nacional, como Compre Bem, Carrefour ou Macro, e entrega sua doação numa unidade da tal loja, em troca de um vale. Por exemplo: dá um 1kg de feijão e recebe um documento impresso que dá direito a 1kg de feijão naquela rede de lojas. Então o papel é enviado, em vez de enviar 1kg de alimento, ou mesmo uma ordem eletrônica é enviada informando o crédito de 1 kg de alimento a ser retiado na outra unidade da tal rede que fique mais próxima aos beneficiados. Além do barateamento, isso tem o efeito psicológico de induzir o proprietário ou gerente da loja a também participar, pois ao ter na loja uma enormidade de alimentos, se um gerente presenviar o gesto de uma pessoa que doa 1 kg, o gerente deve se motivar a colaborar também. O efeito da doação deve ser tanto mais significativo se tanto mais humilde for a pessoa que faz a doação e mais precária sua situação, pois para ela aquela doação deve representar muito, e isso deve motivar o representante da loja a fazer algo proporcionalmente mais expressivo em comparação ao porte da loja. Esta solução é para casos em que a pessoa tenha o alimento a doar, mas não dinheiro. Obviamente quem puder doar dinheiro é bem mais simples, basta depositar em alguma conta (a do Emerson é, por enquanto, a que temos para esta finalidade).

Mas ainda permanece o problema de enviar colchões, roupas etc., pois não seria tão simples entregar uma roupa usada numa loja e uma outra unidade da mesma rede desta loja liberar uma roupa nova na região em que a doação deve ser destinada.

Nossos amigos Romolo Disconzi e Alexandre Lerch Franco podem ir receber mantimentos no aeroporto e rodoviária de Porto Alegre e levar aos postos em que serão distribuídos às vítimas, bem como se prontificaram a doar mantimentos, colchões etc. Nosso amigo Rodrigo Gosmann pode ir receber em Florianópolis. Nosso amigo Thiago Berto talvez possa transportar doações de Brasília para Blumenau. O amigo José Paulo Dieguez deve nos enviar alguma resposta relativa à possibilidade de facilitar transportes por meio do Exército e definir postos de recebimento de doações em quartéis. O amigo Nicolau Saldanha talvez consiga meios de divulgar e obter mais doações. Rafael Fernando Telles talvez possa receber doações em Itajaí.

Dados enviados por nosso amigo Rodrigo Gosmann (26/11/2008, 9:00h) para depósitos em dinheiro:

Banco do Brasil (BB): agência 3582-3, conta corrente 80.000-7
Banco do Estado de Santa Catarina (Besc): agência 068-0, conta corrente 80.000-0
O depósito em ambas as contas deve ser creditado ao Fundo Estadual de Defesa Civil-Doações.
Fonte: http://www.clicrbs.com.br/especial/sc/sos-sc/conteudo/detalhe/Como-ajudar.html

Nosso amigo Emerson Pieri está recebendo doações em dinheiro e organizando um plano de apoio. Quem o conhece pode entrar em contato com ele, ou enviar à conta acima.

Nosso amigo Rodrigo também informa que:

Prezados,

A situação em florianópolis esta muito boa comparada com a de outras cidades, se os recursos tivessem como destino florianópolis eu poderia receber final de semana ou durante a semana, mas de noite.


No entanto acho que os recursos poderiam ser muito melhor aproveitados em outras cidades(principalmente Blumenau e Balneario Camboriu). São tantas as cidades com problemas que eu não sei quais que devem ser priorizadas :( .


Nesse site é possivel ver a situação em cada municipio:
http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=2&local=18&section=capa_online
basta clikar no link 'Os municipios atingidos'


Abaixo segue outro comunicado importante, com telefone das localidades que precisam de ajuda


http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=17386&tid=5272290484423049896&start=1

"ESTOU FAZENDO ESTE TÓPICO PRA QUE SEJA POSTADO AQUI QUALQUER FORMA DE AJUDA PARA AS PESSOAS DE SC, NESTE MOMENTO TRAGICO E TÃO TRISTE, QUALQUER PESSOA QUE POSSA AJUDAR OU DIVULGAR ALGO QUE POSSA AJUDAR A POPULAÇÃO DE SC ATINGIDA PELAS CHUVAS, POR FAVOR COLABORE!

Segundo o Cel. PM Valdir, coordenador da área de suprimentos da Defesa Civil de Santa Catarina, informou que os ítens mais necessários no momento são:

- Colchões ou colchonetes e cobertores.

Alimentação está sendo providenciada porém cestas básicas também são bem-vindas.

Dá trabalho enviar um colchonete pelo correio?
Um pouco mas se você lembrar que há MUITAS crianças e idosos dormindo em chão frio e sem cobertor, o esforço vale a pena!!!
Vai fazer uma enorme diferença para essas pessoas.

Só o fato de não priorizarem cestas básicas (que podem facilmente ser revendidas) já denota a seriedade do trabalho que eles estão realizando lá.

Você que é da região ou de qualquer parte do Brasil e quer ajudar, segue abaixo a lista dos municípios mais atingidos e com maior número de desabrigados e os meios de contato.

(RETIRADO DA COMUNIDADE DE SC)
MUNICÍPIOS ATINGIDOS RESPONSÁVEL DEFESA CIVIL CONTATO

ANTONIO CARLOS
Mario Luiz Junckes 48 3272-1123 (48) 8401-4725

BALNEÁRIO CAMBORIÚ
Edson Kratz 47 3363.1818 47 9977.2800

BENEDITO NOVO
Jhoni Uller 47 3385-0736 9172-2629

BIGUAÇU
João Morfim (48) 84087449( 48) 32851071 (48) 32713557

BLUMENAU
Telmo Gonçalves Duarte (47) 3325-1937 (47) 3326-6823 (47) 99689929

BRUSQUE
Renate Klein (47) 3396-7413 / 3251-1833 (47) 9902-5220 (47) 9656-3325

CAMBORIÚ
Carla Rosana Krug (47) 3365-9561 (47) 9961-3736

CORUPÁ
Júlio César Dominoni (47) 3375-1902 (47) 3375-1298 (47) 9178-8598

FLORIANÓPOLIS
Machado (48) 3224-0103 / 3224-0298 (48) 9924-8271


GARUVA
Iolando de Assis (47) 3445-2159 (47) 9932-2209 (47) 9944-8197 Ivanio (47) 9932-2254 Evandro
GASPAR
Luiz Mário (47) 33328902 (47) 9183-2330 (47) 9994-7691
GUARAMIRIM
Mário Sérgio Peixer (47) 3373-0247 (47) 3373-1497 (47) 9183-0025 8438-2222 Nelson
IBIRAMA
Egon Flores (47) 3357-2180 (48) 8408-5876
ILHOTA
Valdi Augustinho da Silva (47) 3343-1166 (47) 9115-8093 / 9929-0975
ITAJAÍ
Sérgio (47) 32495800 (47) 96090628
ITAPEMA
Ailton (47) 3268-4474 (47) 9186-8200
ITAPOÁ
Antonio Edevaldo Pereira 4467-4246 (47)9934 8813
JARAGUÁ DO SUL
Maicon Leandro da Costa (47) 3372-8003 = 9922-0512 (47) 3423-1061 (47) 9922-0449
JOINVILLE
André (47) 84336599 (47) 34313233 (47) 34671000
LUIZ ALVES
Pref. Érico G. Neto (47) 3377-1273
NAVEGANTES
José Roberto (47) 33421100 (47) 99579975
NOVA TRENTO
Sandra Regina Ecell (48) 3267-3215 (48) 3267-0702 (48) 9908-8628
PALHOÇA
Rafael (48) 3279176184181717
PENHA
João Luiz Coelho (47) 3345-0200 (47) 3345-5530 (47) 8404-7023
RIO DOS CEDROS
Vilson José Sturm (Stg BM) (47) 3386-1058 / 3386-0521(47) 8815-0178
SANTO AMARO DA IMPERATRIZ
Jerry / Rodrigues (48) 3245-4300 / 3245-1600 (48) 8415-6554 (48) 9938-5873
SÃO FANCISCO DO SUL
Mario Lemos Rodrigues (47) 3471-2222 (47) 3471-2203 (47) 9176-1663 (47) 99842939 (Luiz)
SÃO JOÃO BATISTA
BMPM (48) 32652694 (48) 32650190
SÃO JOSÉ
Cinthia (48) 99100970
TIJUCAS
Luiz ou Flávia (47) 32638141 (47)99890189
TIMBÓ
José Nazareno da Silva (47) 3382-0394 / 3382-2673 (47) 9923-6963
http://br.youtube.com/watch?v=ahfWkMJc9Wg
SOBRE ITAJAI UMA DAS CIDADES MAIS ATINGIDAS...